aceitação, apoio familiar, atitude, Comportamento, cotidiano, cuidados, depoimentos, gestante

Diabetes e gravidez: O segredo


Capítulo 3: O segredo

No início, a gravidez foi um segredinho gostoso entre meu marido, eu e o bebê. Claro, as minhas médicas também sabiam. Quando fiquei sabendo, estava na casa da minha mãe, mas só queria contar para ela depois do primeiro ultrassom e depois de contar para o meu marido. E queria contar pessoalmente para ele.

Estava com uma baita dor de garganta. Acho que foi efeito da viagem e do choque térmico. Fui ao pronto-atendimento com a minha mãe, mas consegui convencê-la a não entrar comigo. Disse para ela ficar tranquila, lendo. E ela aceitou a minha proposta. Ainda bem, porque teria de falar para o médico sobre a gravidez, para que ele receitasse o medicamento adequado.

Ainda bem que não era nada demais e eu não precisei tomar nenhum remédio mais forte. Depois, quis dar uma passadinha no shopping. Queria comprar alguma coisa de bebê para dar de presente para o meu marido. E lá foi a minha mãe querida junto comigo. Ficava me sentindo meio culpada de não contar para ela. Comprei um body branco com a frase: “I love dad”. Era perfeito. Bem pequenininho. Muito fofo.

Chegando em casa, dei o pacote para ele. Ele estranhou um presente assim, fora de época. Quando abriu, ficou encantado. E curtimos aquele momento nosso, tão nosso. Lindo!

*hoje, não falei nada sobre o diabetes, mas sobre o momento mágico da descoberta da gravidez, que é igual para qualquer mulher, diabética ou não.

7 comentários em “Diabetes e gravidez: O segredo”

  1. Meus Parabéns pela gravidez!!!!!
    Fico feliz de ver como você consegue lidar com a diabetes e a gravidez. Eu descobri recentemente que sou diabética tipo 2, quando descobri ela já estava 218 mg/dl, e o último estava em 337 mg/dl, claro que eu ainda não tinha começado a fazer dieta e nem começado a tomar os medicamentos. Agora que eu comecei a fazer o tratamento tenho que repertir os exames para saber se baixou. Estou triste e perdida com essa situação, na verdade estou sem saber o que fazer, pois não entendo quase nada dessa enfermidade. Peço que me ajude, estou precisando desabafar com alguém que também esteja nessa situação.
    Bjs!! Felicidades para você, o bêbe e o paizão!!!!

  2. Ola tambem sou diabetica a +ou-6 anos estava gravida +perdi o bebe com 3 meses.Estou muito triste.Foi em julho e se não tivesse perdido ia nascer mes que vem ,e isso ta mexendo muito comigo.Tenho medo de engravidar e perder novamente.

    1. oi! quero te dizer que tb perdi um , tive aborto faz 1 ano, agente fica mal mesmo , mas nao podemos desistir amiga.
      forca e nunca que deus sabe de todas as coisas.bjo

  3. Tenho diabetes a 19 anos já. Agora estou com 28anos de idade estou casada a 7 anos. Quando tinha 21 anos de idade fiquei gravida de susto não estava programado mas recebi com todo amor e carinho, mas infelismente perdi quando estava de cinco meses de gravidez fiquei muito depressiva nossa chorrei muito foi a pior parte da minha vida, hoje entendo que aquele anjinho veio para iluminar a minha vida tinha que ser assim. Hoje penso e tenho muita vontade de ter mas tenho medo, minha gineco diz não é hora ainda temos que normalizar a hemoglobina glicada, mas esta ano no meio do ano de 2011 quero estar graviderima se Deus quiser e vou conseguir. Sei que não levo a dieta tão a serio, mas sempre estou procurando meus medicos porque assim parece que levo umas mijadas e melhoro.

  4. Olá
    Sou diabetica tipo um desconbri que estou gravida de 5 semanas minhas glicemias oscilam de 80 a 320 dependendo da hora do dia, não me sinto mal mas tenho medo que isto afecte o meu bebe faço insulina rapida durante o dia e lenta anoite mas nada. alguem por favor me ajude com alguma ideia que me pode ajudar a normalizar?
    Estou tão feliz e cheia de medinho é um sentimento estranho. Quase que não como com medo.

    1. Oi, Marisa! Seu médico tem de ser seu maior aliado nessa empreitada, viu? Vc tem de anotar tudo. Fazer uma lista das suas glicemias, antes e pós-refeições para ele ir acertando a dose de insulina. E coragem! Deixe a alegria tomar conta que isso tb faz um bem danado! E vá nos contando como as coisas estão caminhando. Beijos.

  5. Marisa,
    eu consigo controlar melhor fazendo vários exames do dedinho por dia ae corrigindo com humalog quanto necessário… acho que nessa fase de gravidez é bem importante e melhor que ficar sem comer =)
    Beijo e boa sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s