Melhor forma de prevenir o diabetes: perder peso!


Obesidade doença crônica e que têm crescido a cada ano mais e mais em todo o mundo. Uma verdadeira epidemia. Uma doença que leva a outras doenças dislepidemia, doenças cardiovasculares, câncer, asma e tantas outras. A principal: diabetes tipo 2. Combater a obesidade é prevenir o diabetes. De 80 a 85% das pessoas que irão desenvolver diabetes possuem algum grau de obesidade. Isso leva a seguinte questão: perda de peso e controle de peso é a melhor forma de prevenir diabetes.

O endocrinologista Bruno Halpern, da Clínica Halpern, diretor da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), chama atenção em seu Facebook para o maior estudo já feito para se analisar estratégias para evitar diabetes em pessoas de risco, o DPP. Um estudo já antigo, mas que mostrou que estratégias de mudança de estilo de vida focadas em perda de peso reduzem em aproximadamente 50% o risco de diabetes. Já o uso de metformina (usada no tratamento de uma condição prévia ao diabetes, o pré-diabetes e também por quem já tem diabetes) reduz em aproximadamente 30%. “A questão é que a perda de peso foi muito diferente entre as pessoas do estudo e cálculos posteriores chegaram nesse número que falei: cada quilo perdido representava uma redução de 16% do risco”.

O interessante é que baseado nesse estudo, hoje em dia é muito comum vermos pessoas usando metformina para reduzir o risco de diabetes, mas poucos sabem dessa informação que eu falei. E mesmo com a metformina, mais da metade (64%) do seu efeito em reduzir o risco de diabetes deve-se à pequena perda de peso causada por ela.

“Claro também que caso o peso perdido seja recuperado, o risco retorna”, alerta o endocrinologista. Mas, para ele, não há dúvidas que a maneira mais eficiente de evitar o diagnóstico de diabetes tipo 2 é a perda de peso. “Estudos mais recentes com medicações mais eficazes em perda de peso mostram até 80% de prevenção do diabetes (e ainda maiores com cirurgia bariátrica, em pessoas com obesidade mais grave e que tinham indicação)”, destaca.

Segundo Halpern, a questão é encontrar a estratégia mais eficaz de perda de peso individualmente, pois estratégias que funcionam para alguns não funcionam ou não podem ser usadas por outros. “Disseminar essa informação é fundamental para maior motivação de pessoas em risco e para ajudar a reduzir os níveis de diabetes tipo 2 no mundo“, finaliza.

Ref: Ratner. An update on the Diabetes Prevention Program. Endocr Practice 2006.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s