prevenção e informação

Você sabe quais são os sintomas de diabetes tipo 2?


Aí é que está o problema! Se você está em busca dessa informação porque tem sintomas como sede excessiva, micção muito frequente, sono, cansaço, problemas de visão, uma ferida que não cicatriza, as notícias não são das melhores. Isso significa que seu diabetes já tem um tempinho aí no seu corpo, que já vem convivendo com você tempo suficiente para ter causado alguns danos aí dentro. Sim, porque o diabetes é uma doença incialmente assintomática, silenciosa. Quando os sintomas aparecem é porque já está mais avançado. Por isso, prestar atenção aos fatores de risco para desenvolvimento de diabetes tipo 2 é fundamental. São eles:

  • apresentar sobrepeso ou obesidade
  • ter 45 anos ou mais;
  • sedentarismo (não praticar atividade física);
  • ter histórico familiar direto (pais ou irmãos) com a doença;
  • já ter tido episódios açúcar alto no sangue em algum momento da vida;
  • ter tido um bebê pesando mais de 4,5Kg;
  • apresentar histórico de diabetes na gravidez;
  • sofrer de Síndrome do Ovário Policístico (SOP);
  • ter pressão arterial elevada (igual ou acima de 140/90 mmHg);
  • possuir baixo colesterol “bom”;
  • apresentar níveis elevados de lipídeos no sangue
  • tabagismo

Quanto mais precoce o diagnóstico mais chances de não desenvolver complicações, melhor ainda se for na fase do pré-diabetes, por isso, penso, particularmente, que se você tem três ou mais dos fatores acima, principalmente histórico familiar, que deva pedir ao seu médico para fazer exames de glicemia regularmente, mesmo que você não tenha a idade indicada, de 45 anos. A detecção do pré-diabetes pode impedir o desenvolvimento e progressão do diabetes tipo 2. Eu descobri o diabetes aos 29 anos, fui diagnosticada super precocemente e meu diabetes é bem controlado. Em 15 anos de diabetes, não apresento qualquer complicação.

Minha mãe, por exemplo, só foi diagnosticada depois de perder 14 quilos em pouco tempo, e aparentemente sem motivo, e por uma ferida no pé que não cicatrizava. A demora no diagnóstico (e olha que ela foi diagnosticada aos 45 anos) teve como consequência o desenvolvimento de retinopatia diabética. Por isso, o histórico familiar é muito importante e ficar atento aos fatores de risco.

Caso você demore para ser diagnosticado, o que pode acontecer?

  • desenvolvimento de doenças cardiovasculares graves, como acidente vascular cerebral, infarto agudo do miocárdio e arritmias cardíacas graves podendo levar a parada cardiorrespiratória;
  • desenvolvimento de doenças na visão (como edema macular diabético e retinopatia diabética), que podem levar a cegueira parcial ou completa;
  • necessidade de amputações, principalmente de membros inferiores;
  • disfunção erétil (impotência sexual) e perda do desejo sexual (libido);
  • lesões em diferentes nervos, vasos e órgãos do corpo.
  • desenvolvimento neuropatia diabética
  • insuficiência renal
  • entre outros problemas…

Os sintomas como…

  • infecções frequentes de bexiga, rins e pele
  • feridas que demoram para cicatrizar
  • alteração visual (visão embaçada)
  • formigamento nos pés e furúnculos
  • vontade de urinar diversas vezes
  • fome frequente
  • sede constante

… são sinais de alerta máximo, corra para o médico! Mas não desanime, tratando, dá para correr atrás do prejuízo!

Fontes de consulta: ADA e SBD

Um comentário em “Você sabe quais são os sintomas de diabetes tipo 2?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s